Centrais de atendimento

Brasília (61) 3442-8217
(61) 3711-4455
Goiânia (62) 3281-1888
(62) 99637-1888
Menu

6 causas da queda de cabelo em mulheres

23 de setembro | 15:34

Mulheres são muito vaidosas e os cabelos são um dos seus bens mais preciosos. Não é por menos que a queda de cabelo em mulheres é um assunto tão preocupante. Muitas acreditam que seus fios são o seu maior charme e vê-los caindo não é fácil.

Para ajudar com esse problema, listamos abaixo 6 causas da queda de cabelo em mulheres e apresentamos formas de resolver ou, pelo menos, retardar esse problema.

1- Gravidez

Durante a gravidez, por causa dos hormônios, os fios costumam ficar mais densos e brilhantes. Entretanto, algumas mulheres sofrem o efeito contrário. Isso pode ocorrer por causa de uma simples reação do organismo às mudanças hormonais geradas pela gravidez ou por outros motivos, como a falta de nutrientes. O aparecimento de diabetes gestacional também pode causar a queda de cabelos.

Como resolver: Procure seu médico de confiança e explique o problema. Ele poderá então indicar os exames para descobrir se a queda está relacionada a algum dos problemas listados e será capaz de receitar o remédio exato.

2- Pós parto

Após a gravidez, o corpo da mulher demora 6 meses para se recuperar totalmente. Por causa da montanha russa hormonal desse período, é comum ocorrer a queda de cabelo. Em alguns casos, a mulher pode apresentar hipotireoidismo ou hipertireoidismo após o parto, o que enfraquece os fios e aumenta a queda.

Como resolver: Nesse caso, também é necessário procurar um médico para que ele faça os exames necessários e descubra se o motivo da queda está associado a algum desses problemas.

3- Síndrome do ovário policístico

A síndrome do ovário policístico causa a produção de hormônios androgênicos em maiores níveis do que o organismo considera normal. Devido a isso, os hormônios podem se associar à alopecia androgenética, que causa calvície, e podem levar à queda de cabelos.

Como resolver: Outros sintomas da síndrome do ovário policístico são acne, irregularidade no ciclo menstrual e ganho de peso. Por isso, se você possui esses sintomas, procure um ginecologista para tratar corretamente.

4- Anticoncepcionais

A combinação de hormônios existentes na pílula anticoncepcional pode gerar reações em algumas pessoas, como a queda de cabelo. Fórmulas com predominância de progesterona podem estimular a manifestação de alopecia androgenética que, como já foi citado aqui, pode levar à queda de cabelo. Outras pílulas possuem predominância de estrógeno, que protege o cabelo da queda, mas podem causá-la quando o uso do remédio é interrompido.

Como resolver: A queda associada ao anticoncepcional costuma ocorrer apenas no início e no final do tratamento. Por isso, se o problema não se resolver depois de um tempo, a pessoa precisa procurar seu ginecologista para que eles possam trocar o medicamento por outro.

5- Período menstrual

A queda de cabelo no período menstrual se deve tanto ao fato de que as mulheres estão passando por uma montanha russa hormonal durante esses dias quanto pela quantidade de sangue perdido. O fluxo menstrual muito grande pode acarretar em deficiência de ferro, mineral fundamental para o crescimento dos cabelos.

Como resolver: Aumentar os níveis de ferro pode ser o suficiente para que a queda de cabelo nessa época reduza. Se o caso for mais grave, deve-se procurar um médico para uma avaliação dos níveis hormonais.

6- Menopausa                                                                                                     

Com a menopausa, a produção de hormônios que protegem a mulher da calvície é reduzida, o que faz com que os fios fiquem mais propensos à queda.

Como resolver: Juntamente com o médico, a mulher pode optar por fazer uma terapia de reposição hormonal para ajudar a evitar a queda ou ainda escolher um tratamento específico para a solução da calvície feminina.

 

Para avaliar seu caso de queda de cabelo ou calvície, faça uma avaliação online ou marque uma consulta. Temos consultórios em Goiânia e Brasília.

TOP