Centrais de atendimento

Brasília (61) 3442-8217
(61) 3711-4455
Goiânia (62) 3281-1888
(62) 99637-1888
Menu

O que acontece após o transplante capilar?

27 de setembro | 17:30

Transplante de cabelos é um procedimento de pequeno risco e muito seguro. Complicações significativas no transplante capilar são extremamente raras, mas, em alguns casos, o paciente pode sentir um incômodo na área enxertada. Alguns pacientes relataram uma pequena “tensão” na área doadora nos 2 primeiros dias, que por sinal é controlada por um analgésico previamente prescrito para aliviar essa sensação. Após o transplante capilar recomenda-se aos pacientes que usem compressas frias na fronte por aproximadamente 3 dias e que durmam em posição semi-sentada por 5 dias para diminuir o risco de inchaço. Normalmente pequenas crostas se formam sobre cada enxerto, entretanto elas podem ser escondidas pelo cabelo pré-existente penteado sobre elas ou por spray de corantes de camuflagem.

Essas pequenas crostas vão cair por volta de 7 a 10 dias após o procedimento de transplante capilar. O cabelo transplantado parece crescer, mas logo se desprende do couro cabeludo, mas as raízes permanecem em estado dormente por 10 a 14 semanas, quando os novos cabelos começam a crescer. Uma leve dormência pode ser sentida tanto nas áreas doadora como receptora, mas esta mesma dormência desaparece no período de 2 a 8 meses após a cirurgia.

Ressaltando, complicações são casos raros, pequenas inflamações podem acontecer ocasionalmente ao redor de um folículo recentemente transplantado e são semelhantes a um pelo encravado ou uma espinha. Naturalmente pode regredir espontaneamente ou podem ser drenadas com auxilio de uma pequena agulha estéril. Indica-se o uso de um antibiótico no local após a drenagem.

Quanto a cicatriz na área posterior, devido a retirada da pele doadora, é habitualmente bem estreita e pode ser facilmente escondida pelo cabelo circundante, sendo que os locais enxertados na área receptora frontal evoluem sem deixar cicatrizes visíveis e são cobertas pelo cabelo transplantado. Uma pequena porcentagem de pacientes pode inchar moderadamente na área da testa por alguns dias após a cirurgia. Esse inchaço pode acontecer por volta do terceiro dia de pós-operatório se o paciente não seguir as orientações médicas e se não fizer a drenagem postural orientada no pré-operatório. Este edema desaparece com 3 ou 4 dias. Casos de infecções neste tipo de cirurgia de  transplante capilar são extremamente raros.

TOP