Centrais de atendimento

Brasília (61) 3442-8217
(61) 3711-4455
Goiânia (62) 3281-1888
(62) 99637-1888
Menu
Voltar

TÉCNICAS CAPILARES

Cirurgias Capilares, o surgimento e a atualidade

O Transplante Capilar surgiu no Japão na década de 30, onde o médico Dr. Okuda utilizava pequenos enxertos de cabelos para preencher áreas calvas. Em 1950, o dermatologista americano Dr. Norman Orentreich redescobriu a técnica, utilizando-a como tratamento de calvície.
 

Técnica Punch

O Punch era uma técnica rudimentar que insidia na remoção de pequenos círculos de cabelo da área doadora do couro cabeludo, com a utilização de um instrumento chamado punch. Apesar dos cabelos transplantados continuarem a crescer, a técnica Punch ainda deixava muito a desejar. 

Nos anos 80 surge uma nova técnica mais avançada chamada de “micro-mini-grafting” (micro-mini enxertos). A técnica utilizava uma combinação de "mini grafts" com 6 fios de cabelo cada e para o acabamento "micro grafts", com 1 a 3 fios de cabelo cada.

Combinada com os enxertos tradicionais, nos anos 90 surgiram as unidades foliculares que começaram a ser utilizadas em larga escala. 

Atualmente, o Transplante Capilar é realizado somente com unidades foliculares, separadas por microscópios de alta resolução.

O resultado final da cirurgia vai depender da qualificação do cirurgião responsável, da equipe, a correta distribuição das Unidades Foliculares na área da calvície, os materiais utilizados e os cuidados pré e pós-operatório. A escolha de um cirurgião qualificado é de grande importancia para o sucesso do transplante.
 

Desenvolvimento das Técnicas

Dense packing (transplante de alta densidade por cm²)

As técnicas de Transplante Capilar evoluíram e os enxertos se tornaram menores, chamados atualmente de unidades foliculares. Esta evolução proporcionou a redução do trauma no couro cabeludo, diminuindo o dano vascular, possibilitando maior concentração de incisões, aumentando assim o número de unidades foliculares transplantadas.
 

Sutura Tricofítica

A Sutura Tricofítica surgiu em 2005, com o objetivo de melhorar o aspecto da cicatriz da região doadora. A técnica de Transplante Capilar consiste em remover 1mm da camada mais superficial da pele (epiderme) do bordo inferior da ferida da cirurgia e deixar os fios íntegros abaixo desta. Ao realizar a sutura dos bordos da ferida, os fios remanescentes crescerão através dela, camuflando a cicatriz sem risco dos fios encravarem.
 

FUE (Follicular Unit Extration)

O FUE é uma Técnica de Transplante Capilar que permite obter as Unidades Foliculares de maneira individual, sem deixar marcas ou cicatrizes no local do Implante Capilar. A avançada tecnologia de Implante Capilar FUE não utiliza de cortes, tornando o procedimento confortável e proporcionando resultados definitivos.

Atualmente a técnica de Transplante Capilar FUE é a solução mais inovadora para quem busca naturalidade nos cabelos. Além de uma recuperação pós-operatória rápida e indolor.

A Técnica de Implante Capilar FUE consiste em retirar as Unidades Foliculares uma a uma da área doadora de maneira aleatória, através de um instrumento chamado punch.


Cabo de Punch Manual
                                                                                         Cabo de Punch Manual

Com o punch a Unidade Folicular é extraída uma a uma através de um pequeno orifício aberto ao redor dos fios. Os pequenos orifícios abertos cicatrizam sem deixar marcas, o que possibilita o paciente usar cabelos bem curtos. O equipamento punch pode ser manual ou motorizado, vai depender da escolha e habilidade do cirurgião.

Na Técnica de Transplante Capilar FUE, as Unidades Foliculares são muito mais delicadas e possuem menos tecido protetor ao redor, o que poderia reduzir a porcentagem de crescimento dos fios por trauma na manipulação. Para evitar este trauma o Dr. Calixto utiliza na colocação os LION Implanters, agulhas acopladas em uma base semelhante à uma caneta.
 

Com a utilização da agulha LION Implanters a raiz do folículo capilar não sofre nenhum tipo de trauma, somente a superfície superior da unidade folicular é tocada. Outra grande vantagem da utilização das agulhas é a alta concentração das Unidades Foliculares. O resultado é um Transplante Capilar extremamente natural e de alta densidade.

As sessões da Técnica de Implante Capilar FUE duram cerca de 6 horas, em um dia (implante parcial) ou em cerca de 10 horas de cirurgia (implante total). Sempre da melhor maneira possível para que o paciente se sinta o mais confortável possível.
 

História da Técnica de Transplante Capilar FUE

A Técnica de Transplante Capilar FUE surgiu em 2002, que na época foi chamado de Procedimento de FOX. Durante o procedimento era usado um punch manual afiado de 1.0mm  de diâmetro. Na época, devido ao alto risco de transecção dos folículos, somente 60% dos pacientes eram candidatos. Na tentativa de se reduzir  a porcentagem de lesão, orientava-se que se limitasse a profundidade da introdução do punch no couro cabeludo.

Em 2004 Dr. James Harris desenvolveu um aparelho chamado SAFE System (Surgically Advanced Follicular Extraction ou Extarção Folicular Cirúrgica Avançada).
 


O SAFE System é um sistema que utiliza um pequeno motor e um punch não afiado, permitindo a realização da cirurgia do Transplante Capilar com menor índice de trauma folicular e em menor tempo de cirurgia.

O Dr. Carlos Calixto é Cirurgião Plástico dedicado ao Tratamento Capilar e Cirurgias Capilares. A Técnica FUE é um dos Transplantes Capilares realizados pelo Dr. Calixto. O consultório do Dr. Calixto oferece uma estrutura completa e com serviços personalizados para atender às necessidades individuais de cada um dos seus clientes.




Incisão coronal

A técnica de Transplante Capilar por incisão coronal permite que os cabelos cresçam uns sobre os outros, proporcionando uma melhor cobertura da área calva,  bloqueando a visão da pele do couro cabeludo, o que aparenta dar maior volume de cabelos na região.

A técnica de de Transplante Capilar por incisão horizontal permite também que a angulação das incisões seja bem mais aguda, fazendo com que os cabelos nasçam próximos à pele, como os normais. 
 

Transplante de Fios Longos

A mais atual novidade em procedimento capilar é a utilização de fios longos da área doadora para a área calva. Desta forma é possível obter resultado imediato após a cirurgia. Como no método convencional, os fios caem em 15 dias e a partir de 3 meses crescem novamente, gerando o resultado definitivo.

O Transplante de Fios Longos é indicado principalmente para as pequenas cirurgias, como transplante de cílios, sobrancelhas, barba, cavanhaque, sequelas de cirurgia de face entre outros.

TOP
Faça uma Avaliação online